inescburg@yahoo.com.br

domingo, 7 de agosto de 2016

II Seminário Nacional de Educação em Agroecologia (II SNEA)

2ª Convocatória Geral do II SNEA

2ª Convocatória do II Seminário Nacional de Educação em Agroecologia (II SNEA)

Orientações sobre as inscrições no evento
A Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia) em parceria com diversas organizações do estado do Rio de Janeiro (universidades, movimentos, grupos e redes), vem apresentar a 2ª Convocatória do II Seminário Nacional de Educação em Agroecologia (II SNEA), que acontecerá no período de 25 a 27 de outubro de 2016, no Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR/UFRRJ), em Seropédica/RJ.
Este evento faz parte do Projeto de Sistematização de Experiências da ABA-Agroecologia e pretende dar continuidade aos debates realizados no I SNEA sobre os princípios e as diretrizes da Educação em Agroecologia, propostos como importantes para a prática de uma Educação compromissada com a construção de uma sociedade mais igualitária e com justiça social e um futuro mais sustentável.
O tema escolhido para o II SNEA é Educação em Agroecologia: Resistências e lutas por democracia! Este tema está comprometido com as questões atuais de nossa sociedade.
O II SNEA tem o objetivo de “Identificar, sistematizar, refletir e articular experiências de educação em agroecologia e indicar caminhos para seu fortalecimento, divulgação e popularização”.
Para enfrentar este desafio, convidamos educadores, educadoras, estudantes e todos e todas envolvidos com experiências concretas de Educação em Agroecologia das várias regiões brasileiras. Convidamos de forma especial os participantes dos Núcleos de Estudo em Agroecologia (NEAs), das Redes de NEAs (R-NEAS) e dos Centros Vocacionais Tecnológicos de Agroecologia (CVTs).
A participação no II SNEA está condicionada a apresentação e seleção de um texto sobre Experiência(s) de Educação em Agroecologia, onde os autores tenham uma inserção direta. O texto será submetido à Comissão Técnico-Científica do evento e deve oferecer uma reflexão sobre as experiências (segue abaixo o formato e as orientações para elaboração dos textos sobre as experiências).
A metodologia adotada para a apresentação dos trabalhos selecionados não será no formato de apresentação individual. Os textos selecionados serão debatidos nas rodas de diálogo a partir da coordenação de um(a) facilitador(a) convidado(a), que se encarregará de fazer uma síntese de todos as experiências, de modo a subsidiar e orientar o debate e a reflexão.
  1. Orientações gerais para elaboração dos textos a serem submetidos
Os textos deverão apresentar uma experiência concreta de Educação em Agroecologia, na forma de resumos expandidos (8 a 12 páginas) e de acordo com as orientações abaixo. Os textos serão submetidos à seleção e serão analisados pela comissão técnica do evento.
Consideramos experiências de Educação em Agroecologia aquelas realizadas no ensino, na pesquisa e na extensão, compreendendo diferentes espaços e ações educativas, tais como: cursos formais de diferentes áreas do conhecimento e seus projetos político-pedagógicos, nas disciplinas, nas práticas e vivências educativas de campo, na pesquisa e na extensão promovidas pelas instituições de ensino, na relação educandos-educadores, na relação escola-comunidade, entre outras.
  1. Estrutura do resumo expandido
Os resumos expandidos deverão seguir as seguintes orientações:
  1. Título
  2. Resumo e palavras-chaves (3 a 5). OBS: propor palavras-chave que não estejam no título do texto;
  3. Introdução
    • Histórico e objetivos da experiência. Apresentar o histórico e objetivos da experiência a partir das seguintes questões: por que a experiência foi criada; em que contexto foi criada; onde ocorrem suas ações educativas; qual (is) seu(s) território(os) de atuação; quais suas áreas de atuação; por que escolheram estas áreas de atuação;
    • Objetivos do texto. Apresentar os objetivos do texto submetido ao II SNEA, caso sejam mais restrito que o objetivo geral da experiência (item anterior).
  1. Descrição e reflexões sobre a experiência
Para a produção do texto sobre a experiência de educação em agroecologia, sugerimos um conjunto de temas gerais e transversais que devem servir como orientadores para a descrição e reflexão sobre as experiências educativas. Estes temas gerais e transversais foram organizados em uma matriz, da qual foram derivadas várias questões que podem contribuir com a reflexão (veja anexo 1). Outros temas e questões podem ser incorporados.
Os temas gerais sugeridos são: metodologia(s) utilizada(s); processos educativos; parcerias e atores envolvidos; diversidades/etnicidades; (agro)biodiversidade, solos, água e demais bens naturais; gênero; juventude; saúde e; políticas públicas. Os temas transversais são: ações e práticas; princípios; teorias; indissociabilidade inter/transdiciplinaridade; território; resultados/avaliações e impactos; comunicação.
Os (as) autores (as) deverão escolher os temas gerais e transversais que mais representam sua experiência de educação em agroecologia. Em outras palavras, os autores não precisam discorrer sobre todos os temas gerais e transversais sugeridos.
  1. Diálogo com os princípios e diretrizes da Educação em Agroecologia.
Consideramos que para praticar uma Educação em Agroecologia necessitamos princípios e diretrizes como um conjunto de orientações e valores abrangentes, fundamentais, definidores e direcionadores do rumo a seguir. Durante o I SNEA foram indicados os seguintes princípios e diretrizes para uma Educação em Agroecologia: vida, diversidade, complexidade e transformação[1]. Os textos devem analisar como estes princípios e diretrizes estão sendo colocados em prática na experiência em questão. Procurar trazer referências bibliográficas para sustentar as reflexões.
  1. Considerações finais
Faça um pequeno texto analisando como os objetivos da experiência foram alcançados; quais os principais avanços e desafios para a construção do conhecimento agroecológico e; quais os princípios e diretrizes gerais para a educação em agroecologia os autores acrescentariam e por quê.
  1. Referências bibliográficas
Normas Gerais para Submissão dos resumos expandidos
Os resumos expandidos a serem submetidos deverão seguir as seguintes normas:
– Cada autor deverá inscrever, como primeiro autor, apenas um texto.
– Os autores não precisam ser vinculados a formação acadêmica.
– Deverão ser submetidos apenas textos INÉDITOS.
– Caso o texto seja selecionado, os autores deverão indicar a participação de apenas duas pessoas para o seminário (o nome destes deve aparecer sublinhado no texto).
– Todos os textos devem ser escritos na língua portuguesa ou espanhola, com redação correta e revisada evitando erros de concordância, gramática, ortografia, entre outros. A responsabilidade da boa escrita e revisão da língua é dos autores.
– O texto deverá constar de título em português com apenas a primeira letra capsulada (caixa alta); resumo em português (até 1.000 caracteres); palavras–chave em português.
– Fonte Times New Roman 12.
– O texto deverá conter de 8 a 12 laudas, aproximadamente.
– Formato Microsoft Word 2016 ou similar (.doc), Open Office.org Text Document (.sxw ou .odt) ou em Rich Text Format  (.rtf), com tamanho do papel A4;
– Espaçamento entrelinhas de 1,5.
– Margens: 2,5 cm de margens superior, inferior, direita e esquerda.
– Tabelas e figuras (em formato JPEG), uma página, devem constar ao final do texto, após a lista de referências bibliográficas. Em cada texto só serão aceitas até 4 (quatro) figuras ou tabelas. Não se deve exceder o limite máximo de 700 kb por imagem. Desenhos, gráficos e fotografias serão denominados como figuras e terão o número de ordem em algarismos arábicos;
– Referências bibliográficas limitadas em até 10 por texto.
  1. Inscrições
As inscrições deverão ser feitas em duas etapas:
  1. i) Submeter um resumo expandido a ser analisado pela Comissão técnico-científica do evento. O resumo deve versar sobre uma experiência de educação em agroecologia da qual os autores fazem parte.
As submissões dos resumos deverão ser feitas através do e-mail submissão.sneagroecologia@gmail.com. Cada e-mail deve conter APENAS uma submissão. Em havendo mais de um arquivo, que configure dois trabalhos distintos, ambos serão desconsiderados para efeito de avaliação.
No corpo do e-mail deve constar:
  1. Quem é o autor correspondente. O autor corrrespondente receberá da organização do II SNEA as comunicações/correspondências sobre o evento.
  2. Telefone de contato.
  3. email
  4. Endereço completo.
  5. Instituição afiliada.
  6. Categoria de afiliação (a) professor; (b) estudante, (c) assessor, (d) técnico,  (e) agricultor, (f) outros (especificar).
OBS: Somente serão efetivadas as inscrições daqueles proponentes que apresentarem resumos expandidos selecionados pela comissão técnica-científica do evento. Dessa forma, as inscrições só estarão disponíveis para efetivação após a aprovação dos trabalhos.
  1. ii) As informações sobre alojamento, hotéis e possíveis hospedagens solidárias serão disponibilizadas a partir da primeira quinzena de setembro.
  1. Publicação dos textos
Os textos serão publicados nos Cadernos de Agroecologia da ABA-Agroecologia.
  1. Cronograma
 02 a 24 de agosto de 2016 à prazo para submissão dos resumos das experiências
  • 25 de setembro à prazo final para a divulgação do resultado de seleção dos resumos;
  • 25 de setembro a 01 de outubro àrealização das inscrições pelos participantes que tiveram seus trabalhos aprovados (apenas dois participantes por experiência poderão se inscrever);
  • 25 a 27 de outubro à II Seminário Nacional de Educação em Agroecologia
Abraços,
Secretaria Operativa do II SNEA
sneagroecologia@gmail.com
Associação Brasileira de Agroecologia (ABA)

Nenhum comentário: