inescburg@yahoo.com.br

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Fungicida ameaça venda de suco de laranja brasileiro nos EUA

O anúncio de que os Estados Unidos detectaram um fungicida em suco de laranja importado do Brasil gerou temores de que as vendas do produto brasileiro possam ser afetadas em seu principal mercado no exterior.

Segundo a Agência Americana de Drogas e Alimentos (FDA, na sigla em inglês), uma empresa americana detectou baixas quantidades do fungicida carbendazim em suco de laranja concentrado comprado do Brasil.

O uso da substância é proibido em produtos cítricos nos EUA, mas é permitido no Brasil e empregado no combate à "pinta-preta", um tipo de fungo comum em pomares de laranja. A FDA afirmou que os níveis de carbendazim detectados não eram nocivos à saúde e que não pretendia fazer um recall do produto brasileiro, mas que intensificaria os testes e bloquearia todos os carregamentos que apresentassem altas quantias do fungicida. A agência não determinou, no entanto, qual será o limite tolerado do produto.

Em nota, a Associação Nacional de Exportadores de Cítricos (CitrusBR) afirmou que a utilização do carbendazim é permitida no Brasil e nos outros principais mercados consumidores do suco brasileiro (União Europeia, Japão e Canadá), e que os EUA aceitam o uso do fungicida em vários outros produtos alimentícios.

Segundo a assessoria de imprensa da associação, os produtores brasileiros estão em contato com a FDA para se adequar às normas americanas, sem que haja a interrupção nas vendas. A CitrusBR diz ainda aguardar que a FDA defina um nível máximo de carbendazim para o suco de laranja. (...)

Fonte: BBC Brasil, 11/01/2012.


Campanha Brasil Ecológico, Livre de Transgênicos e Agrotóxicos - 

Nenhum comentário: