inescburg@yahoo.com.br

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Impacto da expansão das monoculturas de eucalipto sobre as mulheres

PAMPA
Amigos da Terra apresentam estudo de caso sobre o impacto da expansão das monoculturas de eucalipto sobre as mulheres
A Friends of the Earth e Movimiento Mundial por los Bosques Tropicales (WRM) estão desenvolvendo o projeto "A FUNÇÃO DA UNIÃO EUROPÉIA NO DESEMPODERAMENTO DAS MULHERES NO SUL ATRAVÉS DA CONVERSÃO DOS ECOSSISTEMAS LOCAIS EM PLANTAÇÕES DE ÁRVORES" e em parceria com o Núcleo Amigos da Terra/Brasil, produziu um estudo sobre a expansão das monoculturas de eucalipto sobre o Pampa gaúcho. A autoria é da bióloga e mestre em Educação Ambiental Cíntia Pereira Barenho. "É uma importante ferramenta não só para a luta contra a expansão dos megaprojetos de celulose e papel dos movimentos sociais e ambientalistas, mas também para todos os setores da sociedade porque mostra a realidade de mulheres que pouco ou quase nada têm sido divulgado pela mídia," disse. Conforme contou, a situação destas mulheres ainda é de invisibilidade social, apesar de elas já estarem protagonizando lutas de resistência.

O estudo de caso contou com a participação de vinte mulheres de movimentos sociais do campo e da cidade que relataram diferentes impactos da silvicultura em suas vidas. As participantes moram em Rio Grande, Hulha Negra, Piratini, Encruzilhada do Sul, Barra do Ribeiro, São José do Norte, Santana do Livramento, Herval e Porto Alegre.
Dentre os impactos relacionados pelas mulheres, constatou-se que dificuldades acerca das condições sociais e de sobrevivência diária, como a contaminação do ambiente e de animais devido a utilização de grande quantidade de agroquímicos nas lavouras de eucalipto; a precária situação das estradas rurais devido ao tráfego de veículos pesados; a situação de violência e assédio sexual; escassez de água; degradação da terra, as condições de trabalho são precárias. Como conseqüência a reforma agrária está neutralizada e o abandono do campo tem se intensificado.

Leia o estudo de caso em
http://www.natbrasil.org.br/Docs/monoculturas/artigo_science_impactosmonoculturas.pdf
http://www.natbrasil.org.br/monocultura.htm


Eliege Fante DRT/RS 10.164
Assessora de Imprensa
Fone: (51) 9816 9595
Fone/Fax: +55 51 3332-8884

Nenhum comentário: